Como identificar o tipo de cultura organizacional da minha empresa?

Você sabia que a cultura organizacional é um dos fatores avaliados pelos candidatos antes de concorrer a uma vaga de emprego?

E não é só isso. Muitas vezes a cultura organizacional também é um fator decisivo para um colaborador mudar de emprego, pois sente que a cultura da empresa não está alinhada com seus valores pessoais.

Muitos acreditam que isso acontece porque a empresa tem uma cultura ruim, o que não é verdade.

Não existe cultura boa ou ruim, mas sim cultura forte ou fraca.

Sabendo disso, como você acredita que está a cultura organizacional da sua empresa? Qual a opinião de seus colaboradores sobre ela?

Se você está com dúvidas para responder essas questões, não se preocupe!

Neste post, vamos explicar melhor sobre a cultura organizacional, sua importância, os principais tipos e muito mais.

Confira!

Entenda a diferença entre cultura organizacional e clima organizacional

Conhecer os conceitos de cultura organizacional e clima organizacional é extremamente importante para evitar problemas na hora de fazer alguma mudança na organização da empresa.

cultura organizacional é a “identidade” da empresa.

É a forma como o negócio é conduzido e como os processos acontecem.

A cultura organizacional é o  compartilhamento das mesmas crenças, valores, normas de comportamento, rotina, tradições etc. Vale lembrar que essa cultura se molda ao longo da existência do negócio, pois conforme a empresa cresce, algumas adaptações devem ser feitas para manter um bom clima organizacional.

Já o clima organizacional é a forma como as pessoas vivenciam o ambiente de trabalho.

Considerar a experiência coletiva de todas as pessoas da empresa é avaliar o clima organizacional.

O clima organizacional é muito importante para a consolidação da cultura, pois ela só é estabelecida se todos a vivem e a multiplicam de forma efetiva na empresa.

A importância do fit cultural para a cultura organizacional

As vantagens competitivas são importantes para que as empresas consigam se manter no mercado, e uma dessas vantagens pode estar diretamente envolvida com a cultura organizacional.

Hoje, muitas empresas têm usado o fit cultural como estratégia para atrair capital humano qualificado, trabalhando com metodologias de avaliação para mapear o quanto um candidato está alinhado ao seu fit cultural.

Normalmente, isso se inicia com um estudo interno realizado pela empresa para identificar nas pessoas as características de trabalho mais valorizadas por elas.

Com isso, as empresas conseguem avaliar se um candidato tende a valorizar essas mesmas características que são componentes da cultura.

Mas isso não significa que as pessoas com fit cultural são parecidas ou que a empresa não valoriza a diversidade.

Isso reforça que apesar das diferenças entre cada colaborador, eles têm em comum a aderência por determinadas características que são determinantes na cultura organizacional da empresa.

Benefícios da cultura organizacional

Para que a cultura organizacional possa impactar positivamente os negócios, ela precisa ser vista como parte fundamental da empresa.

Uma cultura forte ajuda tanto no sucesso quanto na saúde geral da empresa, melhorando questões como estabilidade, longevidade e percepção da organização.

Conheça abaixo outros benefícios que uma forte cultura organizacional oferece para a empresa:

  • Satisfação do cliente: A satisfação dos clientes é um dos fatores que ajuda na lucratividade da empresa, pois assim eles continuam comprando e também indicam para outras pessoas. Mas só é possível garantir essa satisfação prestando um bom serviço. Quando a empresa tem uma forte cultura, a equipe tem mais facilidade para trabalhar em unidade, sendo mais bem equipada para oferecer um trabalho excepcional ao público.
  • Lucratividade: Com equipes motivadas e engajadas, os objetivos e metas ficam mais fáceis de ser batidos. Logo, com a produtividade aumentando, também é maior o número de vendas e lucratividade.
  • Ganhos de receita: A cultura organizacional impacta a receita de maneira semelhante à satisfação do cliente. Hoje, é muito mais fácil perceber quando uma empresa trabalha em harmonia, bem como a satisfação dos funcionários com trabalho. Fazer negócios com empresas que apresentam essas características é muito mais agradável para o cliente e aumenta a possibilidade de fidelização com a marca
  • Produtividade: Pessoas satisfeitas com o trabalho e empresa são muito mais produtivas. Valores bem definidos e uma cultura organizacional forte são essenciais na redução de absenteísmo e no aumento da motivação da equipe.
  • Relacionamento: Uma cultura bem estabelecida ajuda na relação entre as pessoas, assim como na cooperação entre os times. Com isso, a comunicação fica mais clara entre os departamentos, tornando o trabalho ainda mais efetivo.
  • Melhor tomada de decisões: Se a empresa tem missão, visão e valores bem definidos, a equipe tem um apoio para tomar decisões mais assertivas e mais alinhadas aos objetivos da empresa.
  • Melhor recrutamento: A cultura organizacional ajuda também a atrair novos profissionais e que, muitas vezes, praticam os mesmos valores da empresa, ajudando a manter o clima organizacional da empresa.

Tipos de cultura organizacional

Analisar o mercado para entender os tipos de cultura organizacional que existem pode ajudar na hora de aplicá-la na sua empresa.

Existem modelos de cultura que já foram estudados e que podem te ajudar a decidir qual melhor se encaixa no seu modelo de negócio.

Um dos estudiosos, e considerado referência no assunto, é o filósofo irlandês Charles Handy, especialista em comportamento organizacional.

Ele definiu alguns tipos de cultura empresarial que você pode conferir abaixo:

– Cultura de pessoas

Na cultura de pessoas existe a consciência de que a empresa só existe porque as pessoas estão ali.

É quando os colaboradores são colocados em primeiro lugar e independente de seus cargos, sempre serão ouvidas.

– Cultura de papéis

As empresas que praticam a cultura de papéis, normalmente, são mais rígidas, burocráticas e não gostam de assumir riscos.

A orientação da organização de negócios nesse modelo de cultura é voltada para regras, cargos e funções super bem definidas.

Dessa forma, o poder é determinado pela posição que o colaborador exerce.

– Cultura de poder

Em organizações que atuam nesse modelo de cultura, é comum o poder estar centralizado na mão de uma pessoa, que por regra é o dono.

A cultura organizacional é voltada para resultados e existem poucas regras e regulamentos no ambiente de trabalho.

Isso porque o poder de decisão está sempre centrada no dono, sócios ou diretores.

– Cultura de tarefas

Esse modelo de cultura é um dos mais flexíveis.

O foco dessa cultura é voltado para projetos que são executados por quem tem capacidade de resolver o problema, podendo ser apenas uma pessoa ou então uma equipe.

Principais características de uma cultura organizacional

Cada pessoa que entram em contato com uma empresa, ela está em contato com tudo o que é vivido ali, como normas, regras e procedimentos, códigos formais de comportamento, entre outros.

Ao todo, existem 7 características na cultura organizacional que variam de empresa para empresa pela forma como elas atribuem prioridade para cada característica.

Os responsáveis por esse processo julgam o valor que a empresa atribui para cada característica e ajustam o comportamento naquele ambiente para alinhar ao conjunto desse valores.

1 – Inovação

Empresas com culturas que valorizam a inovação incentivam as pessoas a assumirem os riscos, inovando no desempenho de suas funções para buscar sempre o seu melhor.

2 – Atenção ao detalhe

A empresa que valoriza em sua cultura a atenção aos detalhes espera que os funcionários sejam precisos em cada detalhe na realização de seu trabalho.

3 – Ênfase no resultado

Essa característica é forte em empresas que se importam muito mais com os resultados do que com a forma como eles foram alcançados.

Geralmente, a empresa incentiva que as pessoas façam o que for necessário para alcançar um determinado objetivo.

4 – Ênfase nas pessoas

Essa característica é valorizada em empresas que dão importância ao modo como as decisões podem afetar as pessoas que trabalham naquele ambiente.

O respeito e a justiça está sempre acima de tudo.

5 – Trabalho em equipe

As empresas que valorizam essa característica apoiam mais a colaboração entre as pessoas do que centralização do trabalho no indivíduo.

Nessas empresas o relacionamento entre as pessoas costumam ser mais positivos.

6 – Agressividade

A competitividade nas empresa que valorizam essa característica na cultura é muito maior do que em outras.

Estão sempre fazendo o que é necessário para superar a concorrência no mercado.

7 – Estabilidade

Geralmente, as empresas que focam em estabilidade têm um formato mais tradicional, sempre seguindo regras e sendo previsível.

Essas empresas têm mais dificuldade para realizar grandes mudanças.

Como identificar o tipo de cultura organizacional da minha empresa?

Entender a cultura que é vivida na empresa e também como as pessoas a enxergam é importante para conseguir melhorar os resultados da organização como um todo.

Na maioria das vezes é difícil conseguir enxergar isso, pois a convivência diária no local faz com que os detalhes passem despercebidos, principalmente porque a cultura está enraizada.

Para conseguir identificar o tipo de cultura que está em sua empresa, existem algumas ações que podem ajudar.

Veja abaixo quais são elas :

Observe em silêncio

Mantenha a atenção no comportamento das pessoas e em como elas se relacionam entre si dentro da empresa.

Observe também possíveis conflitos e a forma como eles são resolvidos.

Analise o comportamento da equipe

Geralmente, as culturas corporativas mais fortes são sustentadas pelo relacionamento das pessoas na empresa.

Por isso, avalie como os colegas de trabalho se comunicam e como colaboram entre si.

Avalie o processo de integração

Para manter a cultura organizacional da empresa é preciso que desde o início sejam recrutadas as pessoas certas.

Ou seja, o processo de integração deve ser voltado ao perfil cultural da empresa para encontrar os profissionais mais adequados.

Como aplicar e disseminar a cultura organizacional em toda a empresa?

Depois de definir a cultura organizacional da empresa e suas regras, o gestor precisa compartilhar amplamente os dados com seus colaboradores.

É importante também sempre reforçar com os coordenadores, gerentes, supervisores e colaboradores a missão, visão e valores da empresa.

Essas definições precisam ficar claras para todos.

Durante o recrutamento, é imprescindível considerar o fit cultural para que seja possível encontrar pessoas com o fit próximo com o da empresa.

Além disso, é preciso cultivar as regras, os valores da cultura, e, principalmente, vivê-las no dia a dia.

Os colaboradores se baseiam muito no exemplo dos líderes  para ser multiplicador dessas ações.

Se sua empresa almeja uma cultura positiva, é preciso que sempre dê o exemplo e também cultive todas as regras e valores.

Fonte: Vhsys

Start typing and press Enter to search

Iniciar conversa
1
Podemos ajudar?
Olá!
Podemos ajudar?